Gravidez

Eu vi a mulher preparando…outra pessoa.

Setembro_2012_Toronto:

Só quem olha de onde nós olhamos pode ver o que vemos, da forma que vemos. Ah, bom mesmo seria, se o peso da balança fosse o único que pesasse. Bexiga apertada, falta de ar, noites mal dormidas e andar de hipopótamo flutuante,  poucas podem sustentar. Mas nada, nada é tão reconfortante que sentir o filhote saltitante dando chutinhos sem parar.

Nesse estágio de iniciante já podemos ter em mente o que é o paraíso infernal da maternidade. Um mundo de amor e dor, contrastes, apegos e desapegos. Extremo extravagante esse nosso mundinho de elefante. Mas tudo passa e que bom que tudo passa e que ruim que tudo passa.

Viver é esse mar de flutuações. No pico da ansiedade, o melhor é mergulhar, mergulhar no infinito do mistério que nos rodeia e que nessa hora fala mais alto que tudo. Uma mulher que gesta é o centro de um novo mundo. E não adianta querer fugir da fogueira, ela está logo ali a frente, numa trilha que não permite atalhos. Se estás preparando no ventre outra pessoa, entregue-se pra tudo de mágico e louco que esse momento guardou pra ti. Não se poupe, não se prive, solte os dedos da margem do rio e deixe a correnteza te levar. Não há nada a fazer. Afinal – como ensinam dois velhos clichês – quem não morre não vê Deus e há morangos que só se comem no abismo!

* desde criança essa frase desta música me comove…e sempre que olhava para uma barriga, lembrava dela melodiosa no meu ouvido…”o tempo parou para eu olhar para aquela barriga…”

Ps.: um abraço bem apertado para todas as minhas amigas barrigudas e para aquelas que desejam, um dia, entrar para o clube. Coragem! =)

Ps2: repara na marquinha de havaianas nos pés da moça…bem aproveitado o nosso verão dois em um.

FotoER_agora sim, auto-retrato de uma pança_eu de eu mesma numa manhã qualquer.

Quando Luna nasceu eu já era passarinha migrante retirante, morando em Toronto e com o coração solto no mundo. Vivo querendo dar um tombo na rotina e sair voando por ai, sem rumo. Um dia me defini como gaúcha, colorada escorpiana e advogada. Hoje não tenho mais pretensões definidoras. Já entendi que somos transformações pesáveis. Sou um pouco escritora, fotógrafa amadora, inquieta faceira e viajante por qualidade de alma. Ser livre, pelo menos acreditar que tenho escolha é o que me faz viver e crer que a vida é boa. Estou aqui online, mas sou quase analógica. Movida a vinho, lápis, livro e caderninho. Chamego e leveza são palavras que me abraçam. Abri esse canal pra conversar contigo. Quero saber de ti...o que te move, corazon?

0 comentário em “Eu vi a mulher preparando…outra pessoa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: